- Publicidade T1 -

Quando as coisas “travam”, é preciso dar um tempo. Aquela paradinha básica para descansar a mente e relaxar o corpo. Quando você voltar ao que estava fazendo, os resultados serão simplesmente extraordinários.

Uma dica rápida para você que fez tudo o que deveria fazer, tomou as decisões corretas, falou com as pessoas certas, usou a tecnologia necessária, mas mesmo assim a coisa “não saiu do lugar”!

Pare de ir de lugar nenhum para qualquer lugar! Quando isso acontece, o melhor é dar um tempo, parar tudo, fazer coisas diferentes para relaxar e clarear a mente.

Exemplos (Aparentemente irresponsáveis, mas rola um bom resultado):

- Publicidade T2 -

Você pode dar um tempo de algumas horas no que está fazendo e assistir a um filme, talvez um desenho animado com seu filho, dar uma volta ao parque, namorar um pouco ou simplesmente não fazer nada e ficar deitado, tirando uma soneca.

Quando passar algumas horas, verá que sua mente e seu corpo estarão mais relaxados e tudo fluirá melhor!

Após esse período de descanso, reveja alguns pontos de seu projeto ou trabalho em andamento e corrija as falhas, caso haja alguma. O que ocorre é que muitas vezes ficamos tão esgotados que as coisas não andam mesmo. Faça essa experiência e veja os excelentes resultados.

Eu uso a prática do PIT STOP quando a coisa fica amarrada e vou viver. Aí quando volto é só alegria, paz e resultados!

Para esclarecer: eu criei essa técnica (para mim mesmo), com esse nome, baseado no que é feito na Fórmula 1.

Definição de PIT STOP

Você pode dar um tempo de algumas horas no que está fazendo e assistir a um filme, talvez um desenho animado com seu filho, dar uma volta ao parque, namorar um pouco ou simplesmente não fazer nada e ficar deitado, tirando uma soneca.

(Contei com a ajuda da grande amiga Wikipédia, a enciclopédia livre)

“No automobilismo, um pit stop (ou parada técnica) é quando um veículo de corrida para nos boxes durante a corrida para fazer mudanças em seu carro. Dependendo da categoria essas mudanças podem envolver reabastecimento, troca de pneus, reparos caso o carro esteja danificado, ajustes mecânicos, troca de piloto, ou qualquer combinação desses mesmos itens. Também varia de uma categoria para outra o número de mecânicos envolvidos no processo, que pode variar de cinco a mais de vinte pessoas”.

 

- Publicidade T3 -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

não sou robo *