Exposição aborda a relação entre fotografia e sociedade
- Publicidade T -

A exposição que tem início nessa quinta, em Guarulhos, visa apresentar ao visitante a relação entre fotografia e sociedade, contando com cerca de 40 imagens

A partir de quinta-feira (13) e se estendendo até 12 de agosto, a Biblioteca Monteiro Lobato abriga a Exposição Olhares Imaginados, com a mostra de processos das oficinas oferecidas pela Secel – Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, no Centro Municipal de Educação e Artes – Cemear, CEU Pimentas e Centro de Convivência do Idoso.

A abertura da mostra acontece nesta quinta-feira, às 19 horas. Composta por cerca de 40 imagens, Olhares Imaginados é resultado da produção dos alunos dos cursos de Iniciação à Fotografia, realizados ao longo do primeiro semestre, sob coordenação do fotógrafo André Okuma.

Em suas produções autorais, os alunos abordaram temáticas individuais. No conjunto dessas imagens, o projeto expo-gráfico parte do diálogo entre as fotografias apresentadas, conduzindo uma narrativa visual e conceitual concebida coletivamente.

- Publicidade In -

Os trabalhos mostram ainda parte da reflexão dos alunos sobre a relação entre o fotógrafo e a sociedade, e seu impacto no processo criativo de cada um.

Sobre o curso

O Curso de Introdução à Fotografia é voltado para pessoas que querem aprender a utilizar equipamentos com recursos fotográficos, como celulares ou câmeras domésticas, composto de aulas teóricas e práticas com o objetivo de sensibilizar o olhar para o ato fotográfico a partir dos conceitos fundamentais da fotografia como iluminação, composição e tratamento de imagem.

Serviço:
Exposição Olhares Imaginados
Abertura: 13 de julho, às 19 horas – até 12 de agosto
Local: Biblioteca Monteiro Lobato
Endereço: Rua João Gonçalves, 439 – Centro, Guarulhos.

Fonte: Prefeitura de Guarulhos

Gostou do conteúdo? Então comente, compartilhe e siga acompanhando nossas matérias!   ; )

- Publicidade B -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

não sou robo *